Alexandre Orion

biografia

Ossário
Grafite reverso, feito com limpeza urbana seguido de registro fotográfico. O artista investigou a poluição que pinta de preto os túneis da cidade e desenvolveu a técnica de grafite reverso. A primeira intervenção, com 300 metros de extensão, foi realizada em 2006, no Túnel Max Feffer, na zona sul de São Paulo.

ossario_03

Alexandre Órion nasceu em São Paulo/SP em 1978. Artista multimídia, iniciou sua carreira em 1992 através da cultura urbana e do graffiti, e em 2001 com a fotografia. Em 2004, gradua-se em artes visuais pela Faculdade Montessori – Famec, São Paulo.

Cria, em 2002, o projeto Metabiótica, em que suas pinturas realizadas nos muros da cidade, intencionalmente produzem relações visuais com os transeuntes e o espaço urbano. Essa interação entre as figuras pintadas e as situações reais é registrada em fotografias, que são o resultado final do trabalho. Em 2006, inicia a intervenção urbana Ossário, na qual utiliza apenas panos para remover a fuligem impregnada nas paredes do Túnel Max Feffer, na cidade de São Paulo, criando imagens de caveiras humanas.

Orion realizou exposições individuais nas principais capitais do mundo. No Brasil suas obras foram exibidas em espaços como Centro Cultural Banco do Brasil, Itaú Cultural, Centro Cultural da Caixa e Pinacoteca do Estado de São Paulo.

Tem entrevistas e textos publicados em mais de 10 línguas, nos principais veículos de imprensa do mundo e obras publicadas pelas editoras Thames and Hudson, Taschen, Éditions de la Martinière, Phaidon, Die Gestalten, Daab, Laurence King Publishers, Edelbra, Rotovision, Moderna, Dokument Press, FTD, Universityof Toronto Press, Saraiva, Sigongart, Vivays Publishing, Tamesis, Nova Fronteira.

Realizou exposições e possui obras nos acervos da Foundation Cartier pour l’art contemporain, em Paris, Pinacoteca do Estado de São Paulo, do Centrum Beeldende Kunst de Rotterdam, Itaú Cultural, Deustche Bank e Mad Museum, ambos em Nova York, Milwaukee Museum, Fundação Padre Anchieta, Nelson-Atkins Museum of Art, Spencer Museum of Art, Schrin Kunsthalle entre muitos outros.