Jorge Mayet | Cubanía | 11 de Dezembro

Cubanía é o que os cubanos levam dentro de si, quando saem da pequena ilha. Cubanía é o rum, o tabaco, a música. Cubanía é a saudade que os cubanos que deixam Cuba têm.
A grande instalação, explica Jorge, será como uma explosão. Mas não uma explosão negativa. E, sim, como uma explosão que faz com que as coisas se espalhem, chegando a outros pontos. Assim como Cuba. “É uma explosão como algo que se expande a toda parte, uma explosão de uma ilha pequena”, comenta Jorge, fazendo referência a seu país.
Além dessa obra, outras esculturas estarão expostas na Galeria Inox. Os cubanos, em geral, quando representam a paisagem de Cuba, incluem a casa na obra. E isso sempre intrigou Jorge. Foi preciso sair do país para compreender a importância de um objeto tão marcante. A casa, assim como as árvores – principalmente o flamboyant e a ceiba, são as raízes dele e estão sempre na obra deste artista plástico, que há 22 anos deixou Cuba.